Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

/ /
-
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os Segurados SulAmérica Saúde. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



Amamentação Saúde da Criança

Home > Matérias > Saúde da Criança > Amamentação

Poder amamentar seu recém-nascido é um dos maiores privilégios da maternidade. A importância da amamentação compreende benefícios físicos e emocionais.

O bebê que se alimenta de leite materno adquire maior imunidade contra vários tipos de doenças pois contém células de defesa que ajudam a proteger o organismo. Essa proteção é para a vida toda, pois sabe-se que algumas doenças, como o diabetes, por exemplo, ocorrem com menor frequência em adultos e crianças que tiveram aleitamento materno.

Além disso, o leite de vaca pode causar alergias e outros problemas intestinais nos bebês. Alimentando-se do leite materno, o bebê terá mais facilidade para evacuar e menos propensão a cólicas, tão comuns nos primeiros meses de vida.

Outro importante benefício do leite materno é o fortalecimento dos pulmões,

pois o bebê precisa fazer um esforço considerável para sugar o leite, o que deixará seus pulmões mais protegidos contra uma série de doenças infecciosas.

A amamentação também tem grande importância para o emocional da mãe e do bebê. Alivia o estresse das mamães e traz segurança e tranquilidade ao bebê, devido ao contato com o corpo da mãe e aos afagos e carinhos desse momento tão especial. Por isso, faça de cada mamada uma oportunidade de aproximação com seu filho.

Caso seu bebê não possa, por algum motivo, alimentar-se do leite materno, procure com o pediatra outras opções para fazer a substituição, de forma que haja o menor prejuízo possível para a saúde da criança.

Voltar