Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

/ /
-
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os Segurados SulAmérica Saúde. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



Candidíase: causas, sintomas e prevenção Saúde da Mulher

Home > Matérias > Saúde da Mulher > Candidíase: causas, sintomas e prevenção

Corrimento branco, coceira vaginal e ardor são sintomas típicos da candidíase, uma infecção ginecológica provocada por fungos - o mais frequente é a Cândida albicans - muito comum entre as mulheres. De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, cerca de 75% das mulheres apresentarão pelo menos um episódio de candidíase na vida.

A Cândida normalmente reside dentro do sistema gastrointestinal, podendo ser encontrada em mucosas e até na pele sem provocar infecção. No entanto, quando os mecanismos de defesa do organismo estão em baixa, esse fungo pode se proliferar, principalmente, em locais quentes e úmidos, como é o caso da vagina.

 Embora não seja considerada uma doença sexualmente transmissível, a candidíase pode se desenvolver tanto em mulheres quanto em homens depois de relações sexuais desprotegidas e até mesmo após sexo oral, já que a Cândida pode ser encontrada naturalmente nas mucosas. Portanto, o uso do preservativo é uma das maneiras de prevenir esse tipo de infecção.

 

Sintomas comuns

 

Mulheres:

 - Coceira e inchaço na região genital

- Corrimento branco, parecido com a nata do leite

- Ardor local 

- Dor nas relações sexuais

 

Homens

 - Pequenas manchas vermelhas ao redor do pênis

- Lesões em formato de pontos

- Coceira

 

Principais fatores de risco

- Queda de imunidade

- Uso de antibióticos, corticoides e imunossupressores

- Menopausa

- Diabetes

- HIV

- HPV

- Relações sexuais desprotegidas

 

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico da candidíase é baseado em análise clínica feita pelo médico e em exames laboratoriais. O tratamento engloba o uso de medicamentos antimicóticos e pomadas antifúngicas de uso local.  

 

Dicas de prevenção
Por se tratar de um fungo que se prolifera em regiões úmidas e quentes, é importante usar calcinhas ou cuecas de algodão e evitar roupas muito justas ou molhadas por longos períodos de tempo. O uso de preservativo em todas as relações sexuais é imprescindível.

 

Além disso, para manter o sistema imunológico fortalecido, procure dormir bem, manter uma alimentação equilibrada e gerenciar o estresse. No casos de pessoas com doenças crônicas que afetam as defesas do organismo, como HIV e câncer, é importante redobrar os cuidados para prevenir a infecção. 

 

Iniciativa Orientação Médica Telefônica

 

Todos os segurados SulAmérica Saúde podem ter orientações sobre saúde na hora que precisarem e sem sair de casa. A iniciativa Orientação Médica Telefônica da SulAmérica permite que você fale com consultores de saúde especializados, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Basta uma ligação para receber orientações seguras e personalizadas, além de atendimento para situações de emergência.

Saiba mais: http://painel.programasaudeativa.com.br/omt

Voltar