Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

/ /
-
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os Segurados SulAmérica Saúde. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



Entenda as causas da insônia na terceira idade Saúde do Idoso

Home > Matérias > Saúde do Idoso > Entenda as causas da insônia na terceira idade

Insonia na terceira idade
A insônia é uma das queixas mais comuns na terceira idade. Com o processo natural do envelhecimento, os padrões do sono sofrem algumas alterações, o que pode resultar em dificuldades para dormir à noite, sensação de não se ter um sono reparador e sonolência durante o dia.

Essas mudanças estão relacionadas, principalmente, ao enfraquecimento dos receptores neurológicos que se conectam com as substâncias químicas sinalizadoras do sono. Dessa forma, o cérebro passa a ter dificuldades para perceber quando se está realmente cansado.

Mas, outros fatores também podem impactar na quantidade e qualidade do sono do idoso, como algumas doenças e distúrbios comuns nessa fase da vida. Entre eles estão o Alzheimer, Parkinson, noctúria (despertar à noite para urinar), síndrome das pernas inquietas e apneia do sono.

Além disso, a menopausa e alguns fatores psicossociais e comportamentais, como a chegada da aposentadoria, o luto (em decorrência da morte do cônjuge), o isolamento e a redução da atividade física podem estar por trás dos distúrbios do sono durante o envelhecimento.  

 

O que fazer para dormir melhor

 

Se você tem apresentado problemas para dormir, procure seu médico de confiança para que ele possa avaliar se há alguma doença subjacente envolvida. Jamais se automedique.

 

Além disso, é muito importante observar seus hábitos diários e como eles podem interferir no seu sono. Adotar medidas básicas de higiene do sono pode fazer a diferença. Veja algumas dicas:

 

- Estabeleça horários regulares para se deitar e se levantar diariamente;

 

- Quando acordado, evite permanecer na cama, principalmente se estiver com dificuldades para dormir. Nesse caso, se levante, faça alguma atividade relaxante e só depois volte para a cama;

 

- Só use a cama para dormir (quando sentir sono) e manter relações sexuais;

 

- Evite tirar pequenos cochilos durante o dia;

 

- Não beba café e outras bebidas que contenham cafeína antes de dormir;

 

- Faça refeições leves à noite e reduza a ingestão de líquidos;

 

- Antes de dormir, deixe o seu quarto o mais confortável possível e escuro;

 

- Evite mexer no celular e em outros aparelhos antes de dormir. A luz emitida por esses equipamentos inibe a produção de melatonina, o hormônio do sono;

 

- Pratique exercícios físicos regularmente.

 

A SulAmérica incentiva o envelhecimento saudável com iniciativas que agregam informações para facilitar o processo de envelhecimento e prevenir complicações de doenças crônicas, a SulAmérica contribui anualmente para a manutenção da saúde e bem-estar de milhares de idosos segurados.  Clique aqui e conheça a iniciativa Idoso Bem Cuidado e Envelhecimento Saudável 

Voltar