Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

/ /
-
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os Segurados SulAmérica Saúde. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



5 dicas para driblar o cansaço Bem Estar

Home > Matérias > Bem Estar > 5 dicas para driblar o cansaço

Quantas vezes essa semana você já reclamou de se sentir cansado? A sensação de fadiga é comum na rotina dos brasileiros. Segundo um levantamento do IBOPE, 98% da população apresentam algum nível de cansaço físico ou mental e 63% já acordam se sentindo indispostos.

 

Fatores como estresse, rotina intensa de trabalho, noites mal dormidas, alimentação desequilibrada, problemas pessoais e falta de condicionamento físico estão entre os principais gatilhos do cansaço que, em longo prazo, pode afetar a produtividade e até se tornar uma doença crônica.

 

Em algumas pessoas, a origem da exaustão está atrelada a condições como anemia e desequilíbrios hormonais. Por esse motivo, é importante investigar as causas do problema. O clínico geral é o profissional mais adequado para uma avaliação física e, se necessário, poderá encaminhar a um especialista.

 

Mas, vale ressaltar que o cansaço de origem patológica representa apenas uma pequena parcela dos casos. Especialistas afirmam que a maior parte daqueles que reclamam de se sentirem cansados pode garantir mais energia no dia a dia ao seguir uma rotina de hábitos saudáveis:

 

Confira a seguir 5 dicas para evitar o cansaço: 

 

1 – Desconecte-se dos eletrônicos

 

Embora o celular e a TV funcionem como válvulas de escape para o estresse diário, o uso desses equipamentos perto da hora de dormir pode prejudicar a produção de melatonina, um hormônio que induz o sono. Por isso, muitas pessoas reclamam de terem dificuldades para conseguir dormir ou até mesmo para manter um sono de qualidade – o que gera cansaço logo pela manhã, após acordar. Evite usar esses equipamentos na hora de ir para a cama.

 

2 – Vá para a academia

 

Quando estamos cansados, a última coisa que queremos fazer é ir para a academia, não é mesmo? Mas, saiba que os hormônios liberados pelo organismo durante a prática de exercícios físicos aumentam a disposição corporal, trazem sensação de relaxamento e ainda levantam o humor.

 

3 – Evite alimentos gordurosos

 

Você já reparou que depois de consumir um alimento bem gorduroso, como um hambúrguer, surge uma forte sonolência? Uma explicação para isso, de acordo um estudo da Universidade de Penn State, nos Estados Unidos, é que para digerir comidas gordurosas, o organismo altera a circulação sanguínea e concentra as forças no intestino, fazendo com que os músculos e o cérebro tenham uma irrigação diminuída. Por isso, a sensação de moleza e sono.

Opte por uma alimentação mais leve e equilibrada. Alimentos que contêm fibras, como os legumes e as frutas, ajudam a evitar picos altos ou baixos de energia no organismo, ajudando a manter o ânimo.

 

4 –Invista no bom humor

 

Gargalhar certamente é um dos melhores remédios para renovar as energias. Quando sorrimos e estamos nos divertindo, o organismo libera hormônios que relaxam e provocam sensações de prazer e bem-estar. Mas, em meio à correria da rotina, muitas vezes deixamos em segundo plano os nossos momentos de lazer. Portanto, mude esse hábito e busque um espaço na agenda para mais momentos felizes com os amigos e a família.

 

5- Mantenha seu ambiente organizado

Seja em casa ou no trabalho, manter o local organizado contribui para a redução do estresse e ajuda a gerar uma sensação de bem-estar e conforto, o que impede também que o indivíduo fique sempre com aquela sensação de que tem que tem algo por fazer ou, ainda pior, precise empregar muito tempo em atividades que levariam menos tempo caso tudo estivesse no devido lugar.

Voltar