Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

/ /
-
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os Segurados SulAmérica Saúde. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



Por que é importante beber água na terceira idade Bem Estar

Home > Matérias > Bem Estar > Por que é importante beber água na terceira idade

A água é o elemento mais abundante do organismo e fundamental para a sobrevivência humana. Por ser responsável por uma série de processos fisiológicos e metabólicos, a sua ausência pode gerar graves problemas à saúde e, inclusive, levar à morte.

Portanto, é essencial redobrar a atenção com a ingestão desse composto, principalmente durante o envelhecimento. Isso porque à medida que os anos passam, a proporção de água no organismo diminui gradativamente – cerca de 0,3 litros ao ano, e a partir dos 70 anos a diminuição é mais acentuada – podendo desencadear quadros sérios de desidratação.

Entre os principais fatores que contribuem para a perda de água nos idosos estão a diminuição da percepção de sede; a utilização de alguns tipos de medicamentos diuréticos; infecções; e até mesmo dificuldades relacionadas à mobilidade, visão e deglutição (mastigar e engolir).

Funções da água no organismo humano

A água está presente em cada célula, tecido e compartimento do corpo humano, atuando em diversos processos fisiológicos e metabólicos, tais como:

  • Transporte de nutrientes;

  • Eliminação de resíduos por meio da urina;

  • Digestão;

  • Manutenção da temperatura corporal.


A desidratação nos idosos pode trazer consequências sérias como um maior risco de quedas, infecções urinárias, insuficiência renal, perda da função cognitiva, distúrbios bronco pulmonares, entre outros problemas, que podem facilmente levar à hospitalização e à morte.


Principais sinais da desidratação nos idosos

  • Confusão mental

  • Taquicardia

  • Pressão baixa

  • Perda de peso

  • Cansaço físico e mental

  • Alterações visuais e auditivas

  • Dores de cabeça

  • Perda de memória

  • Aumento de cãibras


Como prevenir

Como a perda de água entre os idosos ocorre rapidamente, é muito importante que haja ingestão de água mesmo quando não há sede. Se você convive com um idoso, procure incentivá-lo a se hidratar com mais frequência. O recomendado é que sejam ingeridos mais de dois litros de água por dia.

Veja algumas dicas que podem ajudar:

  • Mantenha por perto bebedouros e garrafinhas de água;

  • Coloque lembretes em lugares visíveis;

  • Aromatizar a água adicionando pedaços de fruta da época pode ser uma opção para chamar a atenção do idoso e aumentar o consumo de líquido;

  • Inclua sopas nas refeições, pois elas contêm entre 88% a 93% de água e ainda são ótimas fontes de nutrientes importantes;

  • Beba água e ofereça.

Voltar